Idosa sofre por falta de medicamentos e atendimento em Correia Pinto

24 Novembro 2017 15:25:21

Dos nove remédios que recebia da farmácia do município até o ano passado, agora só consegue três, o que faz com Dona Adelaide gaste quase todo o valor da sua aposentadoria com medicamentos.

site.jpg
Foto: NT

A aposentada Adelaide Amaral, de 80 anos de idade, que há  mais de 10 anos realiza hemodiálise, também sofre de artrose nos joelhos e no quadril. Esta segunda enfermidade, segundo recomendação médica,  requer o atendimento de um fisioterapeuta à domicílio, pelo menos uma vez a cada quinze dias , para aliviar suas dores e melhorar sua locomoção.   

Acontece, que segundo seus familiares, desde o ano passado a senhora  Adelaide não recebe mais da rede municipal de saúde, este atendimento  indispensável para melhorar sua qualidade de vida.

Os familiares de Adelaide procuraram o atendimento de um fisioterapeuta através da secretaria municipal da saúde, mas, não obtiveram sucesso, pois, foram informados que o município conta com apenas uma fisioterapeuta que trabalha 20 horas por semana e atende mais de 40 pacientes, portanto, não consegue atender a demanda. A fisioterapeuta recomendou que a própria idosa realizasse alguns exercícios sozinha, mas isso é impossível, uma vez que, Dona Adelaide precisa de ajuda para sua locomoção.

Outro problema enfrentado por Adelaide é a falta de medicamentos, dos nove remédios que recebia da farmácia do município até o ano passado, agora só consegue três, o que faz com o valor da aposentadoria de Dona Adelaide seja consumido quase que em sua totalidade, com medicamentos.

A família indignada aguarda uma solução para o problema, "Minha mãe é aposentada e o valor que recebe, mal dá para comprar os medicamentos, até o ano passado ela recebia nove medicamentos gratuitamente na farmácia do município, agora só está recebendo três, não temos como pagar a fisioterapia particular, a situação da saúde em Correia Pinto está precária, até quando o povo vai sofrer com este desaso", desabafou a filha Marlene. 

Imagens

site.jpg
EDITORIAS

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados | Jornal Nossa Terra