Empresas de Ponte Alta fazem promoções de volta às aulas

24 Janeiro 2019 18:02:08

EM ALGUMAS LOJAS, DESCONTOS CHEGAM A 40%.

IMG-20190124-WA0023.jpg
Foto: Divulgação

Quem pensa que o período de Volta às Aulas aquece apenas as vendas de material escolar está enganado. Na verdade este é um momento de aquecimento do comércio, especialmente para venda de mochilas, tênis, camiseta, roupas esportivas e  calçados em geral.  Há uma retração em janeiro, período para quem precisa pagar impostos e as compras de dezembro. Depois, o compromisso com o calendário escolar obriga pais e alunos a voltarem atenção para a lista de primeiras necessidades.

Em Ponte Alta, durante a semana passada pesquisamos vitrines e lojas do comércio, visando levantar preços e descontos disponíveis para o consumidor. Em alguns locais encontramos descontos de até 40% - em empresas que estão liquidando  o saldo de verão.

As mochilas, que lideram as vendas do período, estão com promoções que variam muito no comércio: em alguns locais encontramos de 10 a 15%  ou até 40%  de desconto, enquanto  em outras calçados e roupas  estão na promoção com desconto de 30%.

Para quem está atrasado nas compras só existe um segredo: pechinchar muito. E, quem sabe, levar para casa um excelente produto, com um precinho melhor ainda. 

A CDL de Ponte Alta destaca  a importância do período para consumidores e empresários. Nas empresas, é o momento de recuperar a baixa na venda do período de janeiro. Já, para o consumidor, é importante estar atento às promoções, e não deixar de valorizar o comércio local, afinal é ele que garante emprego e renda a centenas de famílias, durante o ano todo. “As pessoas ajudando uma às outras vão fazer girar a roda da economia local, auxiliando para o desenvolvimento”, destaca o presidente da entidade,  Mark Frederico Ludwig

O índice de vendas deve se manter durante a semana que se inicia, uma vez que o período de volta aulas se aproxima,  na rede municipal, estadual e universitário.

Imagens

IMG-20190124-WA0023.jpg

EDITORIAS

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados | Jornal Nossa Terra