Arteris supera meta da ONU para redução de mortes e acidentes no trânsito

12 Junho 2018 09:20:44

Investimentos na rodovia e inteligência operacional permitem a realização de ações preventivas.

thumbnail_BR 116.jpg
Foto: Ass. de Imprensa

Há sete anos, no dia 11 de maio, a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito, que prevê a redução pela metade dos acidentes de trânsito com vítimas, entre 2011 e 2020.

 

A Arteris aderiu voluntariamente ao pacto, e desde então a Planalto Sul concessionária que administra a BR 116 no Paraná e Santa Catarina, vem desenvolvendo ações de segurança viária que vão de investimentos na rodovia como melhorias no pavimento, na sinalização horizontal e vertical, obras de ampliação da capacidade, projetos sociais e educacionais com escolas, além de campanhas de fiscalização em parceria com a Polícia Rodoviária Federal dos dois estados.

 

A meta foi alcançada depois que a Arteris criou, há dois anos, o Grupo Estratégico de Redução de Acidentes, o GERAR. O grupo reúne diferentes profissionais da companhia, com atuação multidisciplinar, para avaliar as condições dos trechos e o perfil dos acidentes. Dessa forma, é possível investir no desenvolvimento de ações visando a redução do número de incidentes nas rodovias administradas pela companhia. As iniciativas do GERAR abrangem desde inteligência e intervenção operacional na infraestrutura das rodovias até reforço de comunicação, sinalização, parcerias e campanhas de conscientização em prol da segurança viária.

 

Na Arteris Planalto Sul o número de vítimas fatais reduziu em 60% entre 2010 e 2017. No ano em que o grupo aderiu à meta, foram 92 fatalidades na BR 116 no Paraná e em Santa Catarina, sendo que em 2017 este número foi para 37.

 

Com relação às campanhas de fiscalização na rodovia, somente em 2017 foram realizadas 30 Operações Serra Segura, mais de 3.100 veículos abordados e 653 autuados. Também foram feitas 22 Operações de Pesagem, com 4.249 veículos fiscalizados e 253 autuados.

 

Estas ações implicaram a redução de 44% no total de acidentes envolvendo carretas e caminhões de 2015 para 2017. Menos 59% no total de feridos e 33% nas mortes, e baixa nos números de acidentes e nas severidades.

 

Ainda nas melhorias para segurança viária, um dos destaques foi a implantação de marcadores de alinhamento em curvas críticas. Comparando os dados de 2014 para 2017, os acidentes com danos materiais reduziram em 35% nas curvas em que foi aplicada a sinalização, os acidentes com feridos reduziram 23% e as mortes tiveram a queda mais significativa, 50% de redução.

 

Outras ações de engenharia também foram realizadas na BR 116 PR/SC, como a implantação de retornos em nível no Paraná, 48,3 (total) e 17,5 quilômetros de terceiras faixas já entregues em Santa Catarina, passarelas e travessias de pedestre.

 

A concessionária também realizou tratamento de pontos críticos e melhoria nos acessos, como é o caso de Areia Branca dos Assis, distrito de Mandirituba/PR, as ações realizadas neste local reduziram os acidentes do tipo lateral e transversal em 100%.

 

Foco em Segurança no Trânsito

A conscientização no trânsito também está em foco por meio de grandes ações realizadas pela Arteris. O Projeto Escola Arteris, criado há 16 anos, desenvolve atividades relacionadas à segurança no trânsito com professores e alunos da rede pública, em cidades lindeiras às suas concessões. O Grupo possui ainda uma série de outras ações com foco em Segurança, como o Passarela Viva, Viva Pedestre, Viva Ciclista, Viva Motociclista, Serra Segura, Acorda Motorista, Viva Comunidade, “Tô de Cinto, Tô Seguro” e Saúde na Boleia.

 

Recentemente, os CCOs (Centro de Controle Operacional) das nove concessões da Arteris foram integrados ao aplicativo Waze, permitindo que tanto motoristas quanto concessionárias criem alertas que serão visualizados pelos usuários por meio do aplicativo.

 

 Ass. de Imprensa Arteris

Imagens

thumbnail_BR 116.jpg

EDITORIAS

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados | Jornal Nossa Terra